A

Marcha alude ao encontro do Homem com a Palavra de Deus, rito da verdadeira felicidade e libertação interior, em contraste com as folias efêmeras da vida, simbolizadas na ilusão fugaz e artificial dos “carnavais de passagem”.

Sim, reside no encontro com Deus a mais sublime "folia" humana; uma folia transcendente – como entoa o Frevo –, cujos “roteiros”, “encantos”, “magia” conduzem à plenitude da existência – na contracorrente dos descaminhos e desenganos do cotidiano

Marcha de Um Encontro de Carnaval e Frêvo Amazônico (música incidentalEdilberto Barreiros
00:00 / 03:09
Marcha.jpg
fREVO capa.jpg

Músicas: Edilberto Barreiros

Letras: Heleno de Oliveira